Topo



EXAMES

Unidades

Alto da Serra (ABC)

(24) 2242 4041

Bauhaus Expansão

(24) 2237-2851

Cascatinha

(24) 2280-1818

Corrêas (Matriz)

(24) 2221 2370

Hosp. Unimed - Bingen

(24) 2233-2277

Itaipava

(24) 2222-7046

UPA Cascatinha

(24) 2246-0522

UPA Centro

(24) 2221-4826

Valparaíso

(24) 2235-7795

Xerém l Duque de Caxias

(21) 2679-1001




SELOS


O poder do limão

   O limão é uma fruta cítrica rica em antioxidantes e muita usada hoje na nutrição funcional. Devido a sua composição e ao seu PH alcalino, essa fruta pode fazer maravilhas quando inserida na sua rotina alimentar. O ideal do limão é ser usado espremido em um pouco de água, de preferência quase morna (temperatura do corpo) para ter efeito de detoxificação e estimulo no metabolismo. Sendo assim vamos conhecer um pouco da suas funções no organismo:

  

Poder alcalino: Reduz o PH ácido do estômago, melhorando a absorção e digestão dos nutrientes


   Detoxificação: O  D-limonemo (monoterpeno) é o ativo químico  encontrado no limão responsável pelo processo de detoxificação no organismo, “limpando” principalmente o fígado. Diversos estudos relacionam o uso do D-limonemo na prevenção do câncer. Esse composto é encontrado em maior abundância na casca, portanto o suco do limão batido inteiro é muito bem vindo!


   Melhora processos anti-inflamtório e imunológico por ser rico em vitamina C  e melhora também fadigas por ser rico em flavonóides


   Ajuda no processo de emagrecimento por melhorar o funcionamento do metabolismo quando usado pela manhã em jejum.


   E como essa fruta tão versátil pode ser usada na nossa dieta? Bem, de diversas formas, pela manhã, em jejum, beber ½ copo de água (preferencialmente morna) com ½ limão espremido.  Pode ser usada nas grandes refeições para temperar as saladas com algumas gotinhas em cima do prato ou associado ao azeite, isso irá melhorar principalmente a absorção dos micronutrientes (vitaminas e minerais).  Pode ser usada também como forma de hidratação pingando algumas gotas de limão no seu copo de água no decorrer do dia, após almoço e jantar e nos sucos detox. E antes de dormir para melhorar o funcionamento do fígado, pode ser espremido em uma xícara de chá ou copo de água.

  

Por tanto fica a dica, vamos incluir mais essa fruta na nossa rotina alimentar!

 

                                                                       Liana H. Gonçalves - lianapersonaldiet@gmail.com

                                                           Nutricionista funcional clínica e esportiva    



continuar lendo

Ler Outras Notícias


MUSCULAÇÃO NA TERCEIRA IDADE

 

 Atividade física é uma arma no combate às doenças.


 Engana-se quem pensa que a musculação, conhecida tecnicamente como treinamento de força, é uma atividade exclusiva para os jovens. Atualmente, os idosos têm procurado as academias para praticar o exercício, por recomendação médica e, também para melhorar a qualidade de vida.


 De acordo com o professor de educação física Rafael Mello, o exercício auxilia a manutenção da musculatura do idoso. “Com a idade, a pessoa perde massa corporal magra por diminuição de estímulos nervosos, o que caracteriza o processo da sarcopenia (diminuição da massa muscular). Por isso, é recomendada a musculação, com o objetivo de fortalecer a musculatura e proporcionar equilíbrio e força para o corpo”, disse o professor.


 Para Rafael, em pouco tempo, o idoso começa a sentir os resultados positivos. “Com a alimentação adequada, o treinamento de força e a supervisão de um profissional de educação física, de duas a três vezes por semana, a pessoa percebe a diminuição nos problemas osteomioarticulares, cardiovasculares, diabetes e obesidade”, afirmou. As melhoras são visíveis no cotidiano do idoso, que passa a fazer menos força em atividades como agachar e levantar, subir e descer escadas, vestir-se ou carregar uma sacola.


O público feminino também pode beneficiar-se do exercício. “O problema mais comum entre as mulheres idosas, a osteopenia (diminuição da massa óssea), pode regredir com a prática regular da musculação, já que a contração muscular gera um estímulo nervoso que aumenta entrada de cálcio no osso”, declarou o professor Rafael Mello.

 

Professor Rafael Mello

Academia Aeróbica

www.aerobica.com.br

 

rafa.a.mello@gmail.com

 

 

 

continuar lendo

Ler Outras Dicas

Perguntas Frequentes


Malária


 

Como se adquire a Malária?

O mecanismo natural de transmissão mais frequente pela picada de mosquitos denominados Anopheles, insetos estes que predominam nas áreas silvestres, sendo que o maior número de casos no Brasil se concentra na região Amazônica. Não sendo considerada uma doença de transmissão direta entre os seres humanos, ou seja, não é contagiosa.

Existem casos confirmados de Malária adquiridos no município de Petrópolis?


Sim. Pelos os relatos da Vigilância Epidemiológica, pois o município tem uma extensa área de florestas, habitat natural dos mosquitos e os seres humanos ao entrarem em contatos com essas matas podem se expor a picadas desse insetos que ocasionalmente se contaminaram ao picarem pacientes portadores de malária.


É possível essa doença se espalhar nas áreas urbanas de nossa cidade? 


Não. Pois obrigatoriamente haveria necessidade de grande proliferação desses mosquitos nas áreas urbanas, fato este que não ocorrerá pois estes insetos se localizam nas áreas silvestre.


Existem vacinas contra a malária?


Não.


Petrópolis tem estrutura de saúde para tratar casos de Malária?


Sim. O serviço do DIP (doenças infecciosas e Parasitarias) localizado no hospital Municipal Nelson de Sá Earp, pois há muitos anos já trata casos de Malária, especialmente de pacientes procedentes da região Amazônica ou de países Africanos que são moradores de nosso município.


Dr. Antonio Luiz Chaves Gonçalves
Infectologista


Diretor Medico do Laboratório de Corrêas

 

 

 

© 2015. Todos os Direitos Reservados - Laboratório de Corrêas - (24) 2221 2370 - laboratorio@laboratoriodecorreas.com.br - CRÉDITOS
Assessoria Cientifica: (24) 98865-0754 - Segunda a Sexta das 07h às 18h - Sábado das 08h às 12h